Para suprir as necessidades diárias de vitaminas, nós dependemos da ingestão regular de alguns tipos de alimentos. Um grupo de vitaminas muito importantes para nossa saúde, e que precisamos diariamente de sua ingestão, são as vitaminas do complexo b.

As vitaminas do complexo b são essenciais para o funcionamento do organismo e desenvolvem importantes funções no processo metabólico. Os principais alimentos ricos em vitamina b são as carnes, vísceras, leite e derivados e os cereais integrais.

Tipos de vitaminas do complexo B

Dentro do grupo de vitaminas do complexo b está presente a vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B5, vitamina B6, vitamina B7, vitamina B9 e vitamina B12.

Vitamina B1: uma das principais do grupo complexo B..

Também conhecida como Tiamina, é uma vitamina hidrossolúvel essencial para o metabolismo dos carboidratos através da suas funções coenzimáticas. Ela participa do metabolismo energético, na condução dos impulsos nervosos e ainda age no desenvolvimento físico, mental além das funções celulares.

Se você deseja ingerir diariamente a vitamina B1, pode encontra-la em uma variedade de fontes animais e vegetais como carnes, vísceras (especialmente o fígado, coração e rins), gema de ovo e grãos integrais. Caso seu organismo esteja com deficiência de vitamina B1, ele pode apresentar sinais como, sensação de formigamento pelo corpo, aumento dos batimentos cardíacos, falta de ar, fraqueza, inchaços pelo corpo, sonolência excessiva, além de falta de atenção e memória.

Grandes deficiências de vitamina B1: Beribéri.

Quando há um tempo mais longo de deficiência da vitamina b1, geralmente por déficit nutricional, ocorre a doença de beribéri, que pode levar rapidamente a óbito devido ao comprometimento dos nervos periféricos, diminuição da força muscular e até de paralisias.

Vitamina B2: mais uma integrante do complexo de vitaminas B, que merece atenção

A riboflavina (vit. B2) é essencial na formação das células vermelhas do sangue, para a gliconeogênese e na regulação das enzimas tireoideanas. Ela é uma vitamina hidrossolúvel que atua na geração de energia via ATP. Assim como outras vitaminas do complexo B, a Riboflavina age como uma coenzima no metabolismo das proteínas, gorduras e carboidratos.

Possui atuação, também, como antioxidante, combatendo radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce e o aparecimento de doenças cardíacas. A ingestão diária recomendada de vitamina B2 é de 1,3 mg para homens e de 1,1 mg para mulheres. Produtos derivados do leite, folhas verdes e vísceras são as principais fontes da Riboflavina.

A deficiência da vitamina B2 é normalmente causada pela baixa ingestão durante um longo período, podendo ocasionar anormalidades fetais, neurodegenerações e neuropatias periféricas, doenças cardiovasculares, além da perda de visão. A arriboflavinose é caracterizada pela queilose, estomatite, glossite e dermatite seborreica.

Vitamina B3

A vitamina B3, ou simplesmente Niacia, é uma das vitaminas do complexo B que participa de inúmeras reações bioquímicas. Ela possui funções terapêuticas e cosméticas. Ela pode ser encontrada em alimentos de origem vegetal e animal, tais como carnes, cereais, amendoins, leguminosas e algumas sementes. Sua ingestão diária recomendada é de 16 mg para adultos.

Sua deficiência pode desencadear o aparecimento da pelagra, que provoca a doença dos três “D”: dermatite, diarreia e demência. Porém, é importante não exagerar na suplementação na niacia. Estudos comprovaram que uma superdosagem da vitamina se associou a uma tendência crescente de morte.

Vitamina B5

Formada pelas moléculas de ácido pantotênico ou por pantotenato, a vitamina B5 possui diversos benefícios e propriedades. Considerada essencial para o metabolismo celular e de várias vias enzimáticas, ela está relacionada com a síntese de colesterol, hormônios esteroides, neurotransmissores, hemoglobina, porfirinas e fosfolipídeos.

Por ser uma vitamina presente em grande parte dos alimentos, raramente há incidência de algum caso de deficiência. É encontrada em carnes, rim, gema do ovo, leite, gérmen de trigo, amendoim, nozes, cereais integrais e abacate.

Vitamina B6

A piridoxina é essencial para o funcionamento normal dos nervos e para a formação de glóbulos vermelhos, além de ajudar a manter a pele saudável. Por intervir no metabolismo do glicogénio, ela contribui para manter um metabolismo energético normal.

Além disso, a vitamina B6 desempenha funções importantes na regulação de líquidos e equilíbrio hormonal. Assim como a vitamina B5, raramente são os casos de deficiência por não ingestão. Quando há relação de deficiência, podem surgir sintomas como dores musculares e articulares, depressão, anemia, osteoporose, desordens, irritabilidade, úlceras na boca e na língua.

Vitamina B7

Também conhecida por Biotina, a vitamina B7 é vital para o metabolismo e o funcionamento do corpo. É um componente essencial de um número de enzimas responsáveis para diversos processos metabólicos. Ainda promove funções do sistema nervoso e é essencial para o metabolismo do fígado também.

Mesmo em pequenas quantidades, podemos encontrar a biotina no leite, fígado, ovos (gema) e alguns vegetais. Quando há deficiência da vitamina B7, são observados sintomas que incluem a queda de cabelo, pruridos na pele, rachamento nos cantos da boca, olhos secos e a perda do apetite.

Vitamina B9 (Ácido Fólico): outra integrante do complexo vitamínico B de grande importância.

O ácido fólico (vit. B9) possui como papel principal o metabolismo de aminoácidos e na síntese de DNA, fundamentais para o desenvolvimento embrionário. A vitamina B9 ainda ajuda a combater o primeiro infarto, câncer de mama e de cólon, além de diminuir o risco de aterosclerose.

Os principais alimentos fontes de ácido fólico são: os vegetais folhosos verdes, fígado, beterraba, gérmen de trigo, cereais matinais vitaminados, nozes, amendoim, grãos e leguminosas. Quando há carência de ácido fólico, podem ser notados sintomas que incluem a insônia, ulcerações na cavidade oral, anorexia, apatia, anemia, dificuldade de memorização, cefaleia, distúrbios digestivos, cansaço, falta de ar, problemas de crescimento e fraqueza.

Vitamina B12

Também é conhecida como cobalamina, a vitamina B12 conta com o mineral cobalto em sua composição, além do cianeto. Ela é facilmente metabolizada e absorvida pelo nosso organismo. Pode atuar como uma coenzima, alterando a velocidade de tais reações e tornando-as muito mais ágeis.

Ela é a única vitamina do complexo B que o organismo armazena em grandes quantidades, principalmente no fígado. Possui funções únicas como, no auxilio a prevenção de muitas doenças neurológicas e aumento do sistema imunológico.
Foto por: Vitamina Verde

Referências

Blog/Saúde: Vitaminas b1, b2 e b3.
Blog/Saúde: Vitaminas b6, b9 e b12.
Nutrologia. Júnior, Hernane – Vitamina B1.
Iberoquimica: Riboflavina
InfinityPharma: Riboflavina
BiologiaNet: Niacina
BiologiaNet: Vitamina B5
Sonutricao: vitamina B5
MSDmanuais: piridoxina
Nutritienda: piridoxina
News/Medical: vitamina b7
HospitalVeraCruz: ácido fólico
Selecoes: vitamina B12

Carregar mais
Load More In Química de Alimentos

Veja também

Benefícios da Alcachofra: além de ajudar no controle do colesterol, é diurética e atua contra a má digestão.

Uma planta nativa da região mediterrânea, introduzida no Brasil por imigrantes italianos n…