[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Da família das Compostas, a chicória é uma verdura de fácil cultivo em nosso país e dotada de inúmeras qualidades nutritivas como os sais minerais e vitaminas. Seu consumo é preferível crua, em saladas, para não perder seu valor nutricional. A parte consumida da chicória são as suas folhas, que possuem como características formato lanceolado e possuem coloração esverdeada.

[/vc_column_text][vc_column_text]

[/vc_column_text][vc_column_text]

Os principais ativos presentes na chicória são: Albuminas, celulose, cálcio, carboidratos, cloro, ferro, fósforo, potássio, proteínas, sódio,  silício, vitaminas A, C e complexo B.



O uso medicinal da chicória pode ser indicado em problemas digestivos, como tônico, depurativo do sangue, laxante, diurético, vermifugo, hepático e para os rins. Por possuir uma grande concentração de tisanas, os extratos da chicória são empregados na atonia dos intestinos, possuindo ótimo efeito laxativo, ou do estomago. Seu princípio ativo de sabor amargo é tônico e antifebril. Para mulheres com problema de amenorreia e para a obstrução dos ovários, a chicória também pode ser aplicada. A chicória ativa a função biliar, purifica o estomago, os rins, atua como laxante e expulsor de vermes intestinais, além de melhor congestões no estomago. Em tratamentos de catarro cronico, é recomendado o uso do suco espremido da raiz da chicória, sendo tomado até 4 colheres por dia. Quando consumida em saladas, sua quantidade de fibras melhora a digestão. Outras indicações do uso da chicória são para depuração do sangue, diureses, febres, hemorroidas, prisão de ventre, vermes e doenças do útero.

Créditos a imagem:
* https://www.flickr.com/photos/catorze/3753117346/

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Referências” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_message icon_type=”pixelicons” icon_pixelicons=”vc_pixel_icon vc_pixel_icon-balloon”]– BALBACH, A. As hortaliças na medicina natural. São Paulo.[/vc_message][/vc_column][/vc_row]
Carregar Mais
Carregar Mais Hortaliças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Comeu algo e passou mal? Confira 4 dicas de chás digestivos para auxiliar na melhora dos sintomas da má digestão!

Foto por: Etienne FAT É “tiro e queda”, não é? Foi comer aquela frit…