Um problema bastante comum, que acontece principalmente com as mulheres, é a fragilidade das unhas, tornando-as quebradiças. As unhas quebradiças podem ser causadas por deficiência de nutrientes (encontrados principalmente em alimentos), hábitos como o de roer as unhas, exposição frequente das unhas a produtos químicos como a cetona, esmaltes e outros solventes.

A queixa comum para quem possui as unhas quebradiças, é a dificuldade encontrada para o crescimento da unhas, a facilidade para a unha se lascar ou partir em camadas, isso sem fazer um mínimo de descuido. A princípio, quando as unhas apresentam alguma irregularidade é um sinal de problemas de saúde, deficiência nutricional ou exposição a produtos químicos por um longo tempo. Isto, porque as unhas são formadas por uma proteína, chamada queratina, que e é produzida por glândulas em sua base. A queratina precisa de nutrientes essenciais para poder se desenvolver corretamente, um exemplo são as vitaminas do complexo B, onde a falta delas pode provocar listras nas unhas. Assim como a falta de cálcio, vitamina C e ácido fólico, que  pode torná-las secas e quebradiças.

unhas

Além das unhas quebradiças, outros problemas encontrados nas unhas são o aparecimento de listras nas unhas, que indica falta de vitamina B, presente nos ovos, nas carnes, nas aves e no leite, unhas com coloração amarelada ou cinzentas, podem ser indícios de doenças no fígado e deficiência de minerais como o zinco e ferro. Para ter as unhas sempre saudáveis, invista em alimentos que tenham biotina, vitaminas do complexo B, vitaminas C e E, que auxiliam o corpo a produzir queratina, aumentando a proteção. Os alimentos recomendados são frutas como a laranja, o mamão, o morango, a goiaba, o limão e a tangerina, além de vegetais de folhas escuras, peixes, ovos, carnes e grãos integrais. Com uma reeducação alimentar e a ingestão de alimentos contendo os nutrientes principais para o desenvolvimento da queratina, é possível ter um fortalecimento das unhas maior. Caso o problema persista, o ideal é  consultar um nutricionista para uma avaliação mais específica ou um dermatologista para checar se existem possíveis doenças relacionadas com o enfraquecimento das unhas.

Créditos às imagens:
* https://www.flickr.com/photos/leleuzis/5070337278/
* https://www.flickr.com/photos/matsuyuki/8150227434/

Veja também

– BALBACH, A. As Frutas na Medicina Natural
– http://www.maisequilibrio.com.br/nutricao/unhas-mais-fortes-com-a-ajuda-da-alimentacao-2-1-1-730.html
– http://www.dicasdemulher.com.br/alimentos-para-fortalecer-cabelo-e-unhas/
– http://melhorcomsaude.com/evitar-unhas-quebradicas/

Cláudio P. Filla | Laboratory Technician UTP-PR | Químico, escreve sobre o efeito positivo dos alimentos naturais através de suas propriedades e os perigos por trás dos alimentos industrializados. Mas gosta mesmo é de compartilhar alternativas para uma vida mais saudável. Curitibano, ama um pé na terra e outro no mar, mas também a rotina cultural da cidade grande.
Carregar Mais
Carregar Mais Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

A frutose é realmente uma vilã? Entenda o que é frutose, suas características, aplicações e seus malefícios à saúde!

A Frutose, também conhecida por levulose ou açúcar das frutas, possui alto poder adoçante …