[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]

A tanchagem, conhecida por tansagem ou tanchagem-maior, é utilizada para aliviar febres e diminuir inflamações. As folhas de tanchagem possuem uma combinação de adstringentes, anti-inflamatórios e cicatrizantes, responsáveis pelos benefícios do chá de tanchagem.

[/vc_column_text][vc_column_text]

[/vc_column_text][vc_column_text]

O uso medicinal do chá de tanchagem é aconselhado em casos de ardor no estomago, cicatrizante, afecções das vias respiratórias, diarreia e disenteria. Para aftas, esse chá em bochechos é um grande remédio. As folhas limpas e fervidas em água podem ser aplicadas sobre feridas ou úlceras, agindo como cicatrizante, e servem também contra lepra, mordida de cão e queimaduras. O cataplasma é usado para dor de dente, feridas, hemorragia, febre, picadas de abelha, hemorroidas e sumagre-venenoso.

chá tanchagem

A tanchagem é composta de alantoína, taninos, flavonoides (apigenina), mucilagem, glicosídeos (aucubina), ácido salicílico, ácido palmítico, ácido esteárico, ácido oleico, vitamina C, vitamina K e betacaroteno. A alantoína  é uma substância anti-inflamatória que melhora a velocidade de cicatrização de feridas e estimula o crescimento de células novas. Os taninos  são adstringentes, o que faz com que a tanchagem ajude a estancar sangramentos e controlar o fluxo menstrual, colite, diarreia, disenteria, vômitos e incontinência. O ácido salicílico ajuda a aliviar dores físicas e musculares.

PUBLICIDADE


O preparo do chá de tanchagem pode ser feito adicionando uma colher de chá de folhas de tanchagem em uma xícara de água fervente. Após, tampar e deixar descansando por 15 minutos. Quando a bebida estiver morna, coar e fazer um gargarejo de 3 minutos ou tomar o chá. O procedimento pode se repetido até três vezes por dia.

Créditos às imagens:
* https://www.flickr.com/photos/forban/5872068364/
* https://www.flickr.com/photos/macleaygrassman/14756320397/

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Referências” title_align=”separator_align_center” align=”align_center” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_message message_box_style=”standard” style=”rounded” message_box_color=”info” icon_type=”pixelicons” icon_fontawesome=”fa fa-info-circle” icon_openiconic=”vc-oi vc-oi-dial” icon_typicons=”typcn typcn-adjust-brightness” icon_entypo=”entypo-icon entypo-icon-note” icon_linecons=”vc_li vc_li-heart” icon_pixelicons=”vc_pixel_icon vc_pixel_icon-balloon”]- Costa, A.F. Farmacognosia. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1977, volume I

– BALBACH, A. As plantas Curam. São Paulo[/vc_message][/vc_column][/vc_row]

Carregar Mais
Carregar Mais Chás & Sucos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Águas aromatizadas: são funcionais, repletas de benefícios e muito mais!

Foto por: Marco Verch As águas aromatizadas são ótimas opções para quem deseja hidratar o …