A tosse é uma reação automática do organismo, gerada por um estímulo irritante das vias respiratórias, que visa expulsar alguma substância que esteja irritando ou obstruindo essa via de passagem do ar, por exemplo. Todavia, esse problema é ainda pior para as crianças. Para o alívio da tosse infantil ou adulta, geralmente são recomendados remédios alopáticos (se causadas por alguma doença grave) e/ou xaropes. Para auxiliar no tratamento de tosse seca, pode ser utilizado xarope natural para tosse, como por exemplo, o xarope de abacaxi com guaco, mel, acerola e hortelã.


Produção de Derivados Lácteos

Preparo do xarope caseiro de abacaxi com guaco

O preparo do xarope caseiro de abacaxi com guaco pode ser feito seguindo a proporção indicada de cada item:

10 folhas de hortelã
Fatias de abacaxi
1 folha de guaco
1 colher de chá de gengibre ralado
2 copos de água (para a infusão)
2 colheres de sopa de mel
5 gotas de óleo de copaíba

Primeiramente, deve ser feita uma infusão composta pelas folhas de hortelã, gengibre e guaco, abafando por 10 minutos. Enquanto a infusão está abafando, misture em um liquidificador a fatia de abacaxi, o mel e as cinco gotas de óleo copaíba (a mistura ficará viscosa). Em seguida, coe a infusão e adicione somente o chá junto a mistura no liquidificador, misturando mais um pouco todos os ingredientes. Por fim, se preferir o xarope caseiro mais viscoso, adicione mais mel a mistura.

O xarope caseiro de abacaxi com guaco infantil e adulto contra a tosse

Os principais ativos encontrados no xarope e que iram auxiliar no tratamento de tosse secass, bronquites e asmas, são os compostos presentes na hortelã, que por razão de seu óleo essencial ajuda a combater a bronquite e a asma; os compostos presentes guaco, onde seu óleo essencial age como um anti-inflamatório, principalmente do aparelho respiratório, agindo nos casos de gripe, tosses rebeldes, bronquites, rouquidão e coqueluche; os ativos presentes no gengibre com ação anti-inflamatória e antibiótica,  descongestionando as vias respiratórias com seus alcaloides; os compostos presentes no abacaxi, que em virtude da bromelina age como anti-inflamatório, ajuda a desobstruir as vias respiratórias e tem ainda ação mucolítica, favorecendo a expectoração. ; e por ação expectorante do mel. A dose recomendada é de 1 colher do xarope várias vezes ao dia.

Referências

– Franco, Lelington Lobo 100 sucos com poderes medicinais / Lelingron Lobo Franco. — São Paulo : Elevação, 2005
– BALBACH, A. As Plantas Curam. São Paulo
– G1.globo – Preparo do xarope de guaco.

Carregar Mais!

Veja Mais!

Quinino: sua aplicação está muito além dos refrigerantes conhecidos como água tônica. A malária é um caso. E o novo coronavirus?

De gosto amargo e conhecido por suas propriedades antitérmicas, antimaláricas e analgésica…