O alho, de nome científico Allium sativum,L., pertence a família das Liláceas e seu bulbo é amplamente utilizado na cozinha e na medicina caseira. Desde a antiguidade foi atribuído ao alho o efeito que ele proporcionava aos gases abdominais e a flatulência gástrica. Em 100g de alho, podemos encontrar sais de cálcio, fosforo e ferro, lipídios, proteínas, carboidratos, vitaminas B1 (Tiamina), B2 (Riboflavina), Niacina, vitamina C, ajoena e alicina. As vitaminas possuem um papel importante na saúde, estimulando o corpo a eliminar toxinas e até prevenindo certos tipos de câncer.

Ajoena: a substância benéfica do alho

A ajoena, é a substância presente no alimento que evita que as bactérias segreguem a toxina ramnolipídeo, que destrói os glóbulos brancos do sangue no corpo.  Com esses benefícios, ele pode auxiliar no tratamento com os antibióticos convencionais.

Quais os benefícios do alho para a saúde?

A alicina, é um líquido de coloração amarelada que só aparece de quando o alho é mastigado ou cortado. Esta substância desempenha uma ação muito importante na defesa da planta contra insetos, fungos e bactérias existentes na fauna própria do solo, além de ser a responsável pelo seu forte odor característico, além, é claro, de essa substâncias ser a principal responsável pelos benefícios medicinais que o olho possui.

Para que serve a Alicina presente no alho?

Ela é capaz de eliminar 23 tipos de bactérias, incluindo a salmonela. Ele é indicado para problemas respiratórios, bronquites, asmas, tuberculose, pneumonia, catarros, etc. Fazem com que os escarros percam o aspecto purulento. Combate a tosse, sendo um ótimo remédio contra gripes e resfriados. Pode ser usado no tratamento de varizes. Amassado com azeite de oliva tem efeito  positivo contra a prisão de ventre, favorece a digestão, combate toxinas intestinais e favorece a expulsão de vermes, até mesmo a solitária.

Alho é bom para vermes?

Como vermífugo usa o alho com leite. Tem bons resultados quando usado como tônico, antisséptico, depurador do sangue, diurético, febrífugo e como auxiliador no tratamento de doenças como a diabetes, ácido úrico, cólera, insônia, reumatismos e ulceras. Externamente pode ser usado contra calos, verrugas, sarna, manchas na pele, entre outros. Pode haver reação alérgica em pessoas com hipersensibilidade a alicina. Em doses elevadas podem aparecer sintomas como dor no estomago, dor nos rins, cólicas, vômitos, diarreia e tontura.

Para que serve comer alho todos os dias?

Ácido úrico: Tomar a água de alho 3 ou 4 vezes por dia. Amassar os dentes e deixar de molho com água por 6 horas e coar.

Asma: É recomendado o suco de alho com limão e própolis. Bater no liquidificador 3 dentes, ½ xícara de suco de limão e 20 gostas de própolis. Dividir em 4 porções e tomar ao longo do dia.

Bronquite: É recomendado o suco de alho com limão e própolis. Bater no liquidificador 3 dentes, ½ xícara de suco de limão e 20 gostas de própolis. Dividir em 4 porções e tomar ao longo do dia.

Catarro: É recomendado o suco de alho com limão e própolis. Bater no liquidificador 3 dentes, ½ xícara de suco de limão e 20 gostas de própolis. Dividir em 4 porções e tomar ao longo do dia.

Gripe: Pode ser usado em infusão com água, limão e gengibre.

Insônia: Tomar a água de alho.

Vermes: Ferver 250 ml com alguns dentes amassados. Tomar ao longo do dia.

Referências

BALBACH, A., BOARIM, D. As Hortaliças na Medicina. 2a ed., p.69-75, 1992.
– NOSSO ALHO. Distribuição gratuita da ANAPA. 7ª ed. junho de 2010. Benefícios do alho. p. 18-19.
Tuasaude: Allium

Load More Related Articles