Os lipídios, também chamados de gorduras, são biomoléculas compostas por carbono (C),hidrogênio (H) e oxigênio (O), insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos como éter, álcool, éter, benzeno e clorofórmio e são geralmente incolores. Alguns alimentos ricos em lipídios são: manteiga, margarina, frituras, doces, biscoitos recheados, carnes gordas, queijo amarelo, leite integral, requeijão e embutidos. Após ao consumo excessivo de  lipídios, o sangue fica com um aspecto leitoso. Normalmente os alimentos mais crocantes são os que mais contêm gordura trans.

Os lipídios podem ser classificados em três grupos: os lipídios simples, os lipídios compostos e os lipídios derivados. 

Lipídios simples: São formados de esteres de ácidos graxos com vários álcoois, podendo ser subdivido em triglicerídeos. Os triglicerídeos presentes no nosso corpo podem ser adquiridos através da alimentação ou produzidos pelo nosso próprio organismo pelo fígado. As triglicérides são importantes, pois servem como reserva energética para os momentos de jejum prolongado ou alimentação insuficiente. Quando você desenvolve aquelas gordurinhas pelo corpo, como nos quadris ou na barriga, você está na verdade armazenando as triglicérides que estão em excesso. O aumento dos triglicerídeos pode ou não vir acompanhado de alterações no colesterol. As duas situações mais comuns são triglicerídeos e LDL (colesterol ruim) elevados ou triglicerídeos elevados e HDL (colesterol bom) baixo.

Lipídios compostos: Estão ligados a outra substancia como proteínas, glicídios, fosforo, enxofre, etc.

Lipídios Derivados: Por hidrolise derivam dos grupos retro citados.

Ambos são ácidos carboxílicos que representam uma importante fonte de energia para as células. Os ácidos graxos benéficos, são os monoinsaturados (ômega 9) e os poli-insaturados (ômega 3 e 6). Os ácidos graxos prejudiciais são a gordura trans e ácidos graxos saturados.

Os ácidos graxos monoinsaturados são as gorduras boas e ajudam a reduzir o colesterol total e o LDL do sangue, não deixando-os depositar nos vasos sanguíneos e consequentemente diminuindo a aterosclerose e melhorando a circulação. Os ácidos graxos poli-insaturados proporcionam uma boa função sanguínea e auxiliam a combater inflamações.

Os ácidos graxos saturados (gorduras ruins) são aquelas gorduras que, em temperatura ambiente, ficam sólidas e provêm de fontes de gorduras animais. O consumo em excesso aumenta o colesterol total e o LDL (colesterol ruim) e diminuem o HDL (colesterol bom). Por isso devem evitados e ingeridos em pouquíssimas quantidades.

Os ácidos graxos trans (gorduras ruins), também chamados de gorduras hidrogenadas, aumentam o LDL (colesterol ruim) e diminuem o HDL (colesterol bom). São encontrados em alimentos como margarinas, biscoitos, chocolates, sorvetes, pães, molhos, cremes e maioneses, pois são substitutos industriais da gordura animal, mas seus malefícios podem ser até piores que os acarretados pelas gorduras saturadas.

Cláudio P. Filla | Laboratory Technician UTP-PR | Químico, escreve sobre o efeito positivo dos alimentos naturais através de suas propriedades e os perigos por trás dos alimentos industrializados. Mas gosta mesmo é de compartilhar alternativas para uma vida mais saudável. Curitibano, ama um pé na terra e outro no mar, mas também a rotina cultural da cidade grande.
  • O que são os Lipídios (gorduras)

    Os lipídios são geralmente incolores, untuosos ao tato, pouco consistentes, apresentam den…
  • 5 grupos de alimentos

    De acordo com o aproveitamento feito pelo organismo, podemos reunir os alimentos em cinco …
Carregar Mais
Carregar Mais Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Alimentação colorida? Saiba quais benefícios cada cor de alimento traz para seu organismo.

Não é de hoje que sabemos a importância para nossa saúde manter uma alimentação equilibrad…