O pessegueiro é uma arvore da família das Rosáceas, da China, com nome cientifico de Prunus pérsica. O pêssego é uma fruta muito recomendada à quem possui diabetes, gota e tuberculose. Alguns dos principais nutrientes e vitaminas do pêssego são: Cálcio, Fósforo, Potássio, Magnésio, Vitamina C, Ácido fólico, Beta-caroteno, Vitamina A, Luteína, Vitamina E, Vitamina K, Tiamina, Bioflavonóides, Niacina e Selênio.


Diabetes

O pêssego possui mais benefícios além do controle do Diabetes?

Um estudo da Texas A & M mostrou que os pêssegos e extratos de ameixa foram eficazes em matar até mesmo os tipos mais agressivos de células de câncer de mama e que diabéticos do tipo 1, que consomem dietas ricas em fibras, têm níveis mais baixos de glicose no sangue. Já os diabéticos do tipo 2 podem ter melhores níveis de açúcar no sangue, lipídios e níveis de insulina. Sendo assim, o Dietary Guidelines for Americans recomenda de 21 a 25g de pêssego por dia para mulheres e 30 a 38g ao dia para os homens (no entanto, a proporção da quantidade ingerida diariamente de pêssego deve ser recomendada por um nutricionista). Possui propriedades que são indicadas para enfermidades pulmonares, prisão de ventre, herpes, hipertensão arterial e anemia.

O pêssego possui benefícios até em seu caroço!

Seu caroço quando triturado regulariza o fluxo menstrual. Suas flores, quando preparadas em infusão, com água ou leite, são ótimas para prisão de ventre, agindo como laxante. Por outro lado, o pêssego contem flavonoides é fenólico poli antioxidantes, como a luteína, zea-xanthin e ß-criptoxantina. Estes compostos atuam na proteção contra o oxigênio de radicais livres e as espécies reativas de oxigênio que desempenham um papel em processos de envelhecimento e de várias doenças, por exemplo. Além disso, ele é rico em muitos minerais como o fluoreto de potássio e de ferro. O ferro é necessário para a formação de glóbulos vermelhos. O flúor é um componente dos ossos e dentes e é essencial para a prevenção de cáries dentárias.

Fonte de potássio e vitamina A

O potássio, por exemplo, é um componente importante de fluidos celulares e corpo que ajudam a regular o ritmo cardíaco e a pressão arterial. Os frutos frescos são uma fonte também moderada de vitamina A e betacaroteno (betacaroteno é uma pró-vitamina A, que se converte em vitamina A no organismo). Pêssegos contêm altos níveis de luteína que inverte os danos causados pelo stress e contêm componentes bioativos que ajudam a combater a obesidade, ajudando a prevenir doenças do metabolismo, portanto o pêssego ajuda no emagrecimento.

Referências

– http://www.emmerson.com.br/novo/beneficios-do-pessego/
BALBACH, A. As Frutas na medicina natural. São Paulo.

Carregar mais
Load More In Frutas

Veja também

Descubra as diferenças entre os tipos de Bananas!

Não importa o dia, nem a hora, a Banana vai bem sempre! Seja como for, ela é considerada u…