Foto por: StateofIsrael  
Uma dúvida muito comum é quanto ao uso e aos benefícios presentes nos principais tipos de óleo de cozinha disponibilizados no mercado. Pois, quando usados de forma correta, o óleos vegetais podem gerar diversos benefícios e serem ricos em nutrientes. Industrialmente, o óleo vegetal (óleo de cozinha) é uma gordura que pode ser extraída de diversas partes da plantas, porém o processo de extração é mais comum a partir das sementes das plantas. Após a extração, os óleos vegetais podem ser utilizados como óleo de cozinha, combustível, cosméticos e fitoterápicos. A seguir, conheça os principais tipos de óleo vegetais e seus benefícios.

Óleo de Canola
O óleo de canola é na verdade, uma extração de uma planta conhecida como Colza. Em sua extração original, a colza possui uma substância tóxica ao nosso organismo, o ácido erúcico. A denominação canola, surgiu nos anos 70, quando cientistas canadenses diminuíram a concentração da substância tóxica presente no óleo de colza, registrando o nome como CANadian Oil Low Acid. Em termos nutricionais e benéficos, o óleo de canola é rico em gorduras monoinsaturadas e promove a diminuição do colesterol ruim, sendo indicado para o grelhamento de alimentos.

Azeite
O azeite é um produto alimentar extraído do fruto da oliveira, a azeitona. Além dos benefícios presentes no azeite para a saúde, o azeite também adiciona à comida um sabor e aroma peculiares. O azeite pode ser classificado  segundo seu processo de produção, podendo ser virgem, refinado, extra virgem ou comum. Entre os benefícios relacionados com o azeite, podemos destacar sua propriedade capaz de reduzir a quantidade do colesterol ruim, devido à sua grande quantidade de gordura monoinsaturada, reduzindo o o risco de infartos, além da presença de polifenóis, que reduzem a formação de radicais livres. No entanto, é preciso cuidado ao aquecer o azeite. Se aquecido por muito tempo, ele perde suas propriedades benéficas.

Óleo de Amendoim
De origem vegetal, o óleo de amendoim é obtido a partir da prensagem de sementes de amendoim. este tipo de óleo é bastante utilizado na culinária, devido ao seu odor e sabor suave, além de uma resistência maior a temperaturas elevadas, sendo  ideal para frituras. Este óleo é mais saudável que o óleo de soja, possuindo em sua composição gorduras monoinsaturadas, elevados teores de vitaminas D e E, além de ser um óleo de fácil digestão.

Óleo de Coco
O óleo de coco é um tipo óleo vegetal composto por 90% de ácidos graxos extraídos através da prensagem da polpa ou cerne dos cocos. É um óleo muito famoso devido a presença do ácido láurico, que no corpo humano se transforma em monolaurina, um monoglicerídeo de ação antibacteriana, antiviral e antiprotozoária. Além de ser antioxidante e atuar no combate a obesidade e redução da gordura abdominal.

Óleo de Soja
É o tipo de óleo mais conhecido e utilizado na culinária, isto devido ao seu baixo custo. O óleo de soja é extraído da semente de soja, é rico em gordura poliinsaturada, ômega 3, ômega 6, vitamina E, isto in natura. Quando submetido ao aquecimento (frituras) ele perde completamente seus benefícios e, se reaproveitado, os malefícios redobram, se tornando um fonte de substâncias maléficas para o organismo.

Óleo de Milho
O óleo de milho é rico em ômega 3 e 6, também é fonte de vitamina E, sendo responsáveis pelo bom funcionamento do organismo e na redução do colesterol ruim.
Além disso também é fonte de vitamina A. O óleo de milho deve ser consumido por meio de uma dieta saudável e equilibrada.

Óleo de gergelim e Óleo de girassol
Ambos são fontes de ômega 3 e 6, que combatem as inflamações das células e facilitam a redução de peso. Possuem também a  vitamina E, que contribui na redução dos radicais livres. O óleo de gergelim é composto pela substância sesamol, que é responsável pela proteção do fígado contra processos oxidativos. Além disso, ambos auxiliam na redução do colesterol.

Referências

– Infopedia:  Azeite.
– Meunutricionista: O Óleo de canola é mesmo um vilão?
– Ecycle: Óleos vegetais: extração, benefícios e como adquirir.
– Campestre: óleo de amendoim.
– BBC: Óleo de coco é realmente saudável?
– Mulherdigital: ÓLEO DE SOJA: BOM OU RUIM PARA O ORGANISMO? 
– Mdemulher: Conheça os benefícios do óleo de milho, de girassol e de canola.

Carregar Mais
Carregar Mais Química de Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Águas aromatizadas: são funcionais, repletas de benefícios e muito mais!

Foto por: Marco Verch As águas aromatizadas são ótimas opções para quem deseja hidratar o …