[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Desde o passado, o problema oftalmológico sempre foi destacado na população. Mas pela falta de conhecimento dos nutrientes que estavam presentes nos alimentos, esse problema acabava sendo mascarado por outros fatores. Um fator que contribuía, e muito, na agravação do problema era a insuficiência de vitamina A, também chamada de XEROFTALMIA. – Suplementos a base de Vitamina A!

[/vc_column_text][vc_column_text]

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]

A vitamina A, também chamada de retinol, é um elemento indispensável para garantir não só a acuidade visual. A carência dessa vitamina pode provocar a xeroftalmia, também chamada de olho seco, uma enfermidade que se caracteriza não só por alterações na produção de lágrimas ou na sua composição, como também produz secura da pele, da córnea, das conjuntivas e o aparecimento de pequenas manchas brancas.

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][vc_column][vc_column_text]

Nos casos mais graves de xeroftalmia, podem ocorrer ulceração e necrose da córnea. Entre as causas da avitaminose estão as carências alimentares, a síndrome de má absorção, o uso abusivo de álcool e de laxantes com óleo mineral, uma vez que a vitamina A se dissolve na presença de gorduras.

A vitamina A (retinol) encontra-se principalmente nos óleos de fígado de peixe, no fígado, itamina-Ana gema de ovo, na manteiga e nas natas. Os vegetais de folha verde e os amarelos contêm carotenóides, como o betacaroteno, o qual se converte lentamente em vitamina A no organismo. Outra forma de vitamina A, o ácido retinóico, mantém saudáveis a pele e o revestimento dos pulmões, do intestino e do aparelho urinário. Algumas fontes de vitamina A são: alface, brócolis, caqui, cenoura, coentro, couve, espinafre, goiaba, mamão, manga, pêssego, pimentão vermelho, salsa, tangerina e o tomate.

Quimicamente,  vitamina A é um álcool primário, polietilênico e lipossolúvel. Ela abrange uma serie de substancias que podem ser divididas em dois grupos básicos: grupo de vitamina A pré-formada e o grupo da provitamina A que ainda será transformada em vitamina A no organismo.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Funções da vitamina A” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

A vitamina A exerce quatro funções básicas:
– Constitui os pigmentos visuais;
– Mantém o tecido epitelial;
– Participa no processo de crescimento;
– Participa no processo de reprodução.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Sintomas de carência de vitamina A” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

O primeiro sintoma da deficiência de vitamina A é a cegueira noturna, isto é, a dificuldade de enxergar bem na penumbra. Outros sintomas são alterações na pele, dificuldade de cicatrização e perda do paladar. O agravamento do quadro pode reverter em prejuízo parcial ou total da visão.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Recomendações nutricionais de vitamina A (retinol)” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

Para um adulto é recomendado, em média, 1.000 RE a 5.000 UI por dia de vitamina A. Com uma alimentação rica em vegetais e legumes amarelos e verdes, essa média é atingida facilmente.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Benefícios da vitamina A” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

Por mais que já tenha sido citado anteriormente, vale a pena destacar os benefícios da ingestão diária da vitamina A, como a proteção da córnea, importante para a pele, contribui para um crescimento saudável (principalmente em crianças),  além de evitar infecções e ser antioxidante.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Referências” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_message icon_type=”pixelicons” icon_pixelicons=”vc_pixel_icon vc_pixel_icon-balloon”]- BALBACH, A. As hortaliças na medicina natural. São Paulo

Alimentos, Nutrição e Dietoterapia, L. Kathleen Maban, Sylvia Escott-Stump, Ed. Roca, 1998.

– http://drauziovarella.com.br/letras/d/deficiencia-de-vitamina-a-xeroftalmia/

– http://www.manualmerck.net/?id=161&cn=1242[/vc_message][/vc_column][/vc_row]

Carregar Mais
Carregar Mais Química de Alimentos

1 Comentário

  1. […] são repletas de nutrientes. Em 100 g de alface encontramos a vitamina A, também chamada de retinol (um elemento que ajuda a manter a saúde da acuidade visual), vitamina B1 e B2, niacina e vitamina […]

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Águas aromatizadas: são funcionais, repletas de benefícios e muito mais!

Foto por: Marco Verch As águas aromatizadas são ótimas opções para quem deseja hidratar o …