Meio refogada, meio frita ou com cebola, até assada na brasa. Assim são as formas mais tradicionais de se preparar a “queridinha” do churrasco: a Linguiça! Historicamente, a linguiça já era conhecida antes mesmo do Império Romano, onde eram conhecidas por farcimina. Sua produção é simples: é preparo um embutido em forma de salsicha, preparado com carne de porco, de aves, de carneiro ou de carne de bovinos, seguido de um temperado feito a base de cebola, alho e páprica e outras especiarias. Além de ser um item barato, é super fácil encontrar nos açougues e mercados. Hoje em dia, além das variações mais conhecidas (linguiça toscana, pernil frango e mista) ainda podemos encontrar versões com temperos e sabores especiais. Pensando nisso, que tal poder preparar de forma artesanal nossas próprias linguiças? Confira nosso mini manual de produção de linguiças.

PUBLICIDADE

– Quer se aprofundar ainda mais sobre a produção de linguiças artesanais? conheça o E-book “Curso de Linguiça Artesanal” e aprenda o preparo dos mais variados tipos de linguiças!

Tipos de linguiças

Antes de inciar o processo para a produção de linguiças, que tal conhecer um pouco os variados tipos de linguiças?

Linguiça Toscana
Com certeza, é o tipo de linguiça mais comum encontrada no churrasquinho de domingo. Seu preparo é feito com 100% carne de porco, gordura, adicionada de temperos e condimentos. Sua coloração varia entre tons rosados e avermelhados.

Linguiça Mista
Atrás da linguiça toscana, está a linguiça mista. Seu preparo é feito a partir da mistura da carne de porco com a carne de boi, gordura e temperos. Pode ser encontrada em formatos mais finos (com sabor incomparável) ou mais grossos.

Linguiça de Frango
Possui coloração mais clara e um sabor diferenciado, além de ser acentuado. Seu preparo é feito com 100% de carne de frango, gordura e temperos.

Linguiça de pernil

Linguiça de Pernil
Assemelha-se com a linguiça toscana, porém é feita a partir de 100% de carne de porco, normalmente em formato mais fininho, com pouca adição de gordura e pode conter ou não pimenta. Ideal para aperitivo.

Como preparar linguiças de forma artesanal?

É extremamente fácil preparar linguiças em casa, podendo ser utilizado os mais diferentes tipos de carnes, onde sua criatividade vai mandar, devendo apenas respeitar a proporção ideal de gordura para garantir a suculência: de 20 a 30%. Não pense que a adição de gordura do preparo da linguiça irá comprometer o sabor final. 

Histórico, ingredientes e produção de linguiças: saiba a origem das linguiças, suas variedades e a produção de linguiça artesanal.

A gordura que terá o papel de manter suculência da linguiça, sendo recomendado que se deixe congelar a gordura a ser moída que sera misturada a carne escolhida, posteriormente. Além disso, o ideal é que você já deixe a carne cortada em pequenos cubos, deixando ao tempero agir. A proporção média de sal é de 10 gramas para cada meio quilo de carne e os temperos e especiarias podem ser adicionados a gosto. Se você tiver um moedor de carne, também pode utilizar, mas é recomendável que utilize discos com espessuras mais grossas para não virar um patê quando for realizar o embutimento.

Passo a passo para preparar linguiça artesanal

  1. Inicialmente, hidrate a tripa de porco (para embutimento de linguiças) por pelo menos 30 minutos em água com vinagre e depois enxágue bem em água corrente por dentro e por fora.
  2. Escolha  carne de sua preferência! Pode ser carne de porco, de boi, cordeiro, javali ou frango, podendo ser mistas ou não. Não esqueça de obedecer a proporção de 20% de gordura na receita, ou seja: para o preparo de 1 kg de linguiças, pese 800 g de carne e reserve 200 g de gordura (toucinho).
  3. No inicio, prefira  cortar as carnes na ponta da faca (em pequenos cubinhos). O uso do moedor caseiro, pode fazer sua mistura para linguiça virar um patê.
  4. Adicione os temperos e o sal na sua carne picada, seguindo a proporção de 10 g de sal para cada 500 g de carne. Em seguida, deixe o tempero agir por pelo menos 30 minutos em refrigeração.
  5. Finalmente, no processo de embutimento, você pode utilizar embutidores caseiros ou até fazer manualmente com um funil. Neste processo, você dever ser extremamente cuidadoso(a), evitando bolhas de ar, até terminar. A cada porção de linguiça feita, amarre com um barbante ou torça a tripa.
Curso de Linguiça artesanal

Pronto! Você já está apto(a) para preparar suas próprias linguiças. Se quer se aprofundar ainda mais na produção artesanal de linguiças, acesse o E-Book: Curso de Linguiça ArtesanalNeste e-book, você aprenderá ainda mais receitas para preparar suas linguiças, dicas, macetes e truques!
Foto por: LUDWIK BOEHM 

Referências

– Santa Massa: Principais Tipos De Linguiça.
– Comidasebebidas/Uol: Cinco macetes para fazer a própria linguiça.
– AnaMariaBraga: Como fazer linguiça caseira com dicas da Ana Maria Braga.
– Perdigao: Você sabe as diferenças entre os tipos de linguiça?

Carregar Mais
Carregar Mais Química de Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Processamento de Alimentos: Principais tipos de pigmentos (corantes) naturais presentes em alimentos.

A cor dos alimentos provavelmente seja um dos fatores que mais influenciam o consumidor ao…