Hibiscus sabdariffa L. é uma importante planta medicinal, originária da Índia, sendo cultivada devido ao interesse em suas folhas, cálices, sementes e fibras, que são utilizados na alimentação de animais, como fonte de fibras para a indústria de tecido e papel e para preparar bebidas com objetivos culinários e medicinais (MUKHTAR, 2007), como por exemplo, o chá de hibisco.

Banner-linguica

Para que serve o chá de hibisco na medicina tradicional?

Na medicina tradicional, é utilizada como diurético, para tratamento de desordem gastrointestinal, infecções hepáticas, febre e hipertensão.  O chá de hibisco é rico em substâncias antioxidantes, como os flavonoides e ácidos orgânicos que contribuem ativamente para a saúde, e está sendo utilizado no auxílio do processo de emagrecimento. 

Nos últimos anos, um grande interesse no estudo de compostos bioativos e de antioxidantes tem ocorrido devido, principalmente, às descobertas sobre o efeito indesejável dos radicais livres e outros agentes oxidantes no organismo (Pinheiro, 2002).

Benefícios de tomar o chá da flor de hibisco

Estudos comprovaram que o uso do chá de hibisco proporciona efeito diurético, antimicrobiano, laxante, sedativo, anti-hipertensor, antitússico e também auxilia na diminuição dos níveis de lipídios totais, colesterol e triglicérides.

O chá obtido a partir do cálice da flor contém açúcares redutores (como a glicose e a frutose), além de ser rico em cálcio, magnésio, niacina, riboflavina (que auxilia na saúde da pele, ossos e cabelos), ferro e vitaminas A e C, ácidos como o tartárico, succínico, málico, oxálico, cítrico e hibíscico, além de quantidade significativa de fibras alimentares.

Chá da flor de hibisco emagrece?

Algumas pesquisas concluíram que o chá de hibisco age favoravelmente na redução de peso e eliminação de gorduras. Este processo consiste na maturação celular no qual as células préadipócitas se convertem em adipócitos maduros capazes de acumular gordura no corpo,  contribuindo para que menos gordura fique acumulada na região do abdômen e nos quadris. 

Estudos também observaram que o flavonoide quercetina presente na bebida é um dos nutrientes que ajudam a proporcionar o efeito diurético no organismo, a baixar a pressão arterial e controlar o colesterol. E para ficar melhor: o chá de hibisco é livre de cafeína!

Composição química da flor de hibisco

Os principais componentes antioxidantes encontrados no cálice do hibisco são as antocianinas delfinidina 3-xilosilglucosídio, cianidina 3-xilosilglucosídio, cianidina 3-glicosídeo e a delfinidina 3-glicosídeo. Outros ativos presentes no hibisco são a hibiscetina, a sabdaretina, a gossipetina, a quercetina, o ácido ascórbico (teores mais elevados do que na laranja e na manga), e taninos. 

Como preparar o chá de hibisco?

Aqueça 1 litro de água e, após a fervura, acrescente 2 colheres de sopa de hibisco seco. Desligue o fogo, tampe e deixe descansar por aproximadamente 10 minutos, em seguida coe a infusão. O ideal é consumir o chá de hibisco in natura, sem adição de açúcar ou adoçante e sem o uso do hibisco pronto em saquinhos.

O hibisco tem contraindicação?

O chá de hibisco não pode ser usado, principalmente por gestantes. Esse grupo deve evitar o consumo, pois há o risco de ele provocar alterações hormonais e causar aborto espontâneo. Além disso, tomar o chá da flor de hibisco todos os dias, excessivamente, pode causar intoxicação do organismo, alterações da pressão e causar fraqueza muscular.

Foto por: Gabriela Fritsch

Referências

– Saúde em Foco, Edição nº: 07/Ano: 2015. HIBISCO E O PROCESSO DE EMAGRECIMENTO: UMA REVISÃO DA LITERATURA.
– Pinheiro, C. U. B. Extrativismo, cultivo e privatização do jaborandi (pilocarpusn microphyllus stapf ex holm; rutaceae) no maranhão, Brasil. Acta bot. Bras., v. 16, n. 2, 141- 150, 2002.
– Panizza S. Plantas que curam: cheiro de mato. 2. ed. São Paulo (SP): IBRASA; 1997.
– Ciência Rural, v.41, n.8, ago, 2011.
– Ciência Rural, Santa Maria, v.41, n.8, p.1331-1336, ago, 2011. Atividade antioxidante de Hibiscus sabdariffa L. em função do espaçamento entre plantas e da adubação orgânica.
 MUKHTAR, M.A. The effect of feeding rosella (Hibiscus sabdariffa) seed on broiler chicks performance. Research Journal Animal and Veterinary Science, v.2, p.21-23, 2007. Disponível em:  http://www.insipub.com/rjavs/2007/21- 23.pdf>

Carregar mais
Load More In Chás & Sucos

Veja também

Benefícios da Alcachofra: além de ajudar no controle do colesterol, é diurética e atua contra a má digestão.

Uma planta nativa da região mediterrânea, introduzida no Brasil por imigrantes italianos n…