Entre muitos alimentos, as frutas são consideradas os alimentos mais deliciosos, atraentes pelo aroma, sucos apetitosos e refrescantes, além de possuírem carboidratos, vitaminas, sais minerais e ácidos importantíssimos a nossa alimentação, assim, ganhando enorme destaque no quesito alimentação saudável. Infelizmente, por maus costumes, a população de modo geral ignora os benefícios e as vantagens que as frutas possuem. As frutas constituem um valioso alimento e agente terapêutico desde os tempos da antiguidade.


Produção de Derivados Lácteos

A maioria das frutas possui açucares como a frutose, glicose e a sacarose. Os açucares de frutas são os melhores tipos de carboidratos, quando combinados com os sais orgânicos e suas vitaminas. Por essa razão são sempre bastante empregadas em regimes, desintoxicações alimentares e para emagrecer. As frutas estimulam funções digestivas, o apetite, são diuréticas (muitos conseguem evacuar diariamente consumindo frutas como a laranja, mamão ou uva, graças aos elementos alcalinos que estão quimicamente combinados com os ácidos de frutas).

No Brasil, a fruta mais popular e comum encontrada é a banana. Porém, somente o consumo dela não é suficiente. É preciso outros tipos de frutas, principalmente as que são ricas em vitamina C. Quimicamente “caloria” é expressa como a quantidade de calor necessária para elevar 1°C a temperatura da água. Na nutrição, “caloria” expressa o valor energético dos alimentos. No geral as frutas não contém muitas calorias, mas são muito nutritivas, pelo alto teor de água, fibra, vitaminas, minerais e ácidos orgânicos, além  de elementos químicos que atuam regulando o metabolismo.

Propriedades Medicinais das frutas

A medicina alternativa coloca as frutas como um dos principais elementos terapêuticos. Isso por possuírem uma enorme propriedade de agentes medicinais, algumas emolientes, outras ajudam na função gástrica, podem ativar a função intestinal e, claro, desintoxicam o organismo. Conforme a reação química, os alimentos podem ser, no metabolismo, alcalinizantes ou acidificantes. A recomendação é a ingestão de alimentos mais alcalinos na dieta.

Muito se fala que alimentos cítricos como o limão, ou alimentos como o leite e vegetais, podem causar acides. Isso não é correto. Eles facilitam a alcalinidade. Pois ao se oxidarem, após serem ingeridas, elas se tornam um meio orgânico alcalino. A superstição popular que criou essa “prevenção” contra as frutas ácidas, que azedariam o estomago, cortariam o sangue etc. Muito pelo contrario, a acidez das frutas regularizam o equilíbrio acido x base do organismo, favorecendo a alcalinidade. As frutas chamadas de ácidas possuem um conteúdo mais elevado de ácidos: cítrico, ascórbico, fórmico, tânico, oxálico, málico e tartárico. Mas que ácidos são esses e quais suas funções?

Ácido cítrico e Ácido málico

O acido cítrico se encontra na maioria das frutas cítricas (limão, laranja, etc.), possui funções antissépticas, diuréticas, favorece a cura de secreções catarrais, diarreias, reumatismo, entre tantas outras doenças.  O acido málico possui funções laxativas, refrescantes e favorecem a digestão.

Ácido tartárico e Ácido ascorbico

O acido tartárico possui propriedades antissépticas, combate vômitos e atuam favoravelmente nas vias urinarias. O acido fórmico, encontrado na uva, manga, limão, etc., combate a formação de pus, auxilia no tratamento da tuberculose, diminui a viscosidade do sangue e possui ação contra tumores. O ácido ascórbico, também conhecido como vitamina C, facilita a circulação sanguínea, Favorece a formação dos dentes e ossos, ajuda a resistir às doenças no coração, previne gripes, fraqueza muscular e infecções. Este ponto é discutível, havendo estudos que não mostram qualquer efeito de doses aumentadas, ajuda o sistema imunológico e a respiração celular, estimula as glândulas suprarrenais e protege os vasos sanguíneos, é importante para o funcionamento adequado das células brancas do sangue e eficaz contra doenças infecciosas e um importante suplemento no caso de câncer.

Referências

– Atikins, P.; Jones, L. (2006).Princípios de Química: Questionando a Vida Moderna e o meio Ambiente.
– Repetto, E.(1985).Didáctica de la Formulación Química en E.G.B.Guiniguada, 2,pp.11-19. Silva S. L. A.; Ferreira G. A. L.; Silva R. R. S.(1995).À Procura da Vitamina C.Química Nova na Escola,2,pp.31–32.
Balbach, Alfons. As frutas na medicina natural.São Paulo, 1993.

Carregar mais
Load More In Química de Alimentos

Veja também

Benefícios da Alcachofra: além de ajudar no controle do colesterol, é diurética e atua contra a má digestão.

Uma planta nativa da região mediterrânea, introduzida no Brasil por imigrantes italianos n…