A goiabeira (Psidium guajava L.) é uma árvore nativa de países tropicais e subtropicais. Primeiramente, Seu fruto, a goiaba, rico em vitamina C, é muito consumido in natura, em sucos e para o preparo de geléias. Ao passo que, os benefícios mais conhecidos da goiabeira são os proporcionados pelo fruto, também podem ser encontradas propriedades medicinais em suas folhas e raízes. Para se ter uma ideia, desde 1950 as folhas da goiabeira são objeto de pesquisa, por exemplo, seja para analisar seus constituintes ou propriedades farmacológicas.


Diabetes

Constituintes químicos e seus benefícios.

De antemão, a goiabeira é repleta de constituintes químicos que promovem benefícios. Suas folhas, por exemplo, são compostas por taninos, óleos voláteis como o cariofileno e o nerolidiol, além de flavonoides e ácidos ursólico, catecólico e elágico. Assim como, a casca de sua árvore é composta principalmente por taninos e, seus frutos, compostos por ácidos orgânicos, polifenóis, taninos, saponinas e pectinas. Quando ingeridos, sejam seus frutos, sua casca ou suas folhas, promovem ação contra diarreias, efeito antioxidante e ainda ajudam a diminuir cólicas intestinais e digestórias, por exemplo. Por outro lado, se suas folhas forem usadas externamente, auxiliam em processos de cicatrização, gargarejos, banhos de assento, entre outros, graças as suas propriedades anti-inflamatórias e anti-microbiana. Seu óleo essencial ainda apresenta atividade anticâncer.

Folha de goiabeira pode auxiliar no controle da glicose e do colesterol.

Inicialmente, as principais propriedades presentes na folha da goiabeira são sua ação antioxidante, hepatoprotetora, antialérgica, antimicrobiana, anti-genotóxica, cito-tóxica, antiespasmódica, cardioativa, antidiabética e anti-inflamatória, por exemplo. Contudo, estudos realizados pela Nutrition & Metabolism, obtiveram grandes resultados a partir do extrato das suas folhas quando aplicado em pacientes com um elevado teor de glicose no sangue e mantendo o colesterol normal no sangue. Seu extrato teve ação inibitória das atividades de enzimas que digerem os carboidratos, a maltase, a sucrase e a alfa-amilase através da ação dos polifenóis ácido elágico, cianidina e outros polifenóis, que compõe as folhas. Além disso, outros estudos em humanos portadores de diabetes ou não, também beneficiaram todos com a queda da glicose pós-brandial pela inibição da alfa-glicosidade.

Melhora o tempo da cicatrização de feridas.

Uma pesquisa realizada em Valinhos (SP) apontou que o uso externo do chá de folhas de goiaba reduziu em 45% o tempo de cicatrização de feridas. O período de tratamento caiu de 90 para 50 dias, em média. Essa ação se deu positiva devido aos taninos, que servem como cicatrizantes e têm uma ação microbiana muito efetiva, além dos flavonoides, que são anti-inflamatórios naturais.

Atua no controle no tratamento da candidíase e sapinho.

Não é a toa que as qualidades curativas da folha de goiabeira estão catalogadas no RENASUS. Em um estudo realizado por duas pesquisadoras da Uniaraxá, foi possível constatar a atividade curativa das folhas de goiabeira contra casos de candidíase e sapinho, ou seja, se mostrou eficiente quanto a inibição de 3 espécies do fungo Candida, que são comumente encontrados na vagina: C. albicans, C, krusei e C. tropicalis.
Foto por: Forest and Kim Starr

Referências

– DEGUCHI, Y.; MIYAZAKI, K. Anti-hyperglycemic and anti-hyperlipidemic effects of guava leaf extract, Nutrition & Metabolism, v.7, n.9, 2010.
Saúde/Campinas: Cartilha de Plantas Medicinais.
G1.globo: Nilsa Sumie – Processo de cicatrização com folhas de goiaba
Greenme: Chá de folhas de goiaba contra candidíase e sapinho
Revista Brasileira de Farmacognosia: Atividade antifúngica do extrato de Psidium guajava Linn. (goiabeira) sobre leveduras do gênero Candida da cavidade oral: uma avaliação in vitro

Carregar Mais!

Veja Mais!

Banana: Caturra (nanica), Prata, Ouro, Maçã. Descubra as diferenças entre os tipos de Bananas!

Primeiramente, não importa o dia, nem a hora, a Banana vai bem sempre! Seja como for, ela …