Foto por: Steffy B.
Os alimentos funcionais fazem bastante sucesso quando o assunto é saúde. Um dos exemplos desses tipos de alimentos são as farinhas funcionais preparadas a partir do extrato das frutas. As farinhas funcionais concentram fibras, vitaminas e diversas outras substâncias, extremamente benéficas ao nosso organismo, que são capazes de prevenir inúmeras doenças. – Saiba onde comprar Farinha de Uva!

Em meio a tantas opções de alimentos funcionais, abordaremos em especial a farinha de uva. A farinha de uva é extraída a partir da semente e da casca da fruta, sendo rica em nutrientes e fito químicos antioxidantes como a procianidina e o resveratrol. A uva quando consumida in natura já é rica em nutrientes que beneficiam o organismo como a diminuição da formação de coágulos, controle da pressão arterial e do funcionamento do intestino, previne o aparecimento do câncer, é anti-inflamatória, além de possuir ação antimicrobiana. Já a farinha de uva, reúne todos esses benefícios juntamente com a facilidade de consumo, podendo ser misturada a sucos, iogurtes, vitaminas, entre outros. As propriedades nutricionais da farinha de uva são inúmeras. Uma dessas propriedades é ação benéfica contra doenças do coração. Se consumida regularmente e acompanhada de práticas saudáveis, a farinha de uva reduz o risco de ataque cardíaco e infarto, graças aos antioxidantes presentes no extrato da semente de uva, que impedem o desenvolvimento de plaquetas que podem bloquear as artéria (melhorando a circulação) e atuam contra inflamações. Quem busca emagrecimento também se beneficia com a ingestão diária da farinha de uva. Ela auxilia no controle do volume de açúcar no sangue (por ser rica em fibras), na diminuição do nível do colesterol ruim e no aparecimento das varizes. Os ativos presentes na farinha de uva também podem aliviar o cansaço dos olhos, reduzir a degeneração macular e catarata e estimular a circulação sanguínea nos vasos dos olhos, que pode evitar várias doenças oculares. E por fim, a farinha de uva não contém glúten e lactose, podendo ser ingerida por pessoas que possuem restrições a essas substâncias.



Cláudio P. Filla | Laboratory Technician UTP-PR | Químico, escreve sobre o efeito positivo dos alimentos naturais através de suas propriedades e os perigos por trás dos alimentos industrializados. Mas gosta mesmo é de compartilhar alternativas para uma vida mais saudável. Curitibano, ama um pé na terra e outro no mar, mas também a rotina cultural da cidade grande.

Carregar Mais
Carregar Mais Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Química da cerveja: breve história, características e processo produtivo de cervejas.

Historicamente, a cerveja já era conhecida pelos antigos sumérios, egípcios, mesopotâmios …