[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Foto por: gailhampshire
O Melão de São Caetano – Momordica charantia –  também conhecido por melãozinho ou melão amargo, é conhecido no mundo todo como uma arma contra o câncer e por sua ação positiva contra o diabetes, reduzindo os níveis de açúcar de sangue. Contudo, mesmo a planta possuindo diversos benefícios, o melão amargo deve ser utilizado com cautela e com a supervisão de um médico, em razão dos diversos efeitos colaterais que seu uso pode causar.

[/vc_column_text][vc_column_text]

[/vc_column_text][vc_column_text]

O Melão de São Caetano, desde a antiguidade já era utilizado na medicina popular, principalmente por tribos existentes na Amazônia. Nos dias atuais, até mesmo o Ministério da Saúde se interessou em utilizar os ativos benéficos da planta para fins farmacêuticos. Segundo o jornal americano “Cancer Research”, foi descoberto através de uma pesquisa que o alto teor de antioxidantes presentes no melão amargo pode auxiliar na inibição de células cancerígenas, o que protegeria as células saudáveis. Porém não é somente sua ação antioxidante que chama a atenção dos cientistas. O melão amargo é composto por diversos ativos, entre eles substâncias como a momordopicrina, momordicinas I, II e III, ácido momórdico, ácidos graxos, cera vegetal, clorofila e várias resinas presentes em suas folhas; também aminoácidos, esteróides, p-insulina, glucosídeos e carotenóides em frutos maduros; Saponinas e momordicosídeos nos frutos verdes; além dos aminoácidos, proteínas, alfa-tricosantina, ribonuclease e momórdicosídeos A, B, C, D e E presentes em suas sementes.

PUBLICIDADE


Graças a essas substâncias, as folhas do melão amargo possuem efeitos positivos – quando usada internamente – contra diabetes, células cancerígenas, inflamações hepáticas, cólicas abdominais, prisão de ventre, tosse, catarro amarelo, menstruação atrasada e sintomas da TPM. Se aplicada externamente, a folha do melão amargo é indicada em casos de queimaduras, picadas de insetos e de cobras, irritação vaginal. Embora os frutos e as sementes da planta possuam substâncias benéficas, o uso de ambos não é indicado internamente em função da presença de substâncias tóxicas

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Efeitos Colaterais” i_icon_fontawesome=”fa fa-heartbeat” i_color=”vista_blue” color=”vista_blue” el_width=”50″ add_icon=”true”][vc_column_text]

Embora existam estudos que comprovem a eficácia das substâncias que compõe o melão amargo, a planta não deve ser administrada sem a supervisão de um médico em razão dos efeitos colaterais (mais acentuados se ingerida em grande quantidade), podendo ser tóxica ao organismo. Entre os efeitos colaterais que podem ocorrer se utilizada em altas doses e prolongadamente, é importante citar a atrofia testicular, a diminuição da espermatogênese, hemorragias uterinas, em casos de gravidez o aborto, a inibição da síntese proteica, inflamações no fígado, vômitos e diarreia.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Referências” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_message message_box_color=”success” icon_fontawesome=”fa fa-bars”]- A. BALBACH. As Plantas Curam –  Melão de São Caetano.
– Melhor com Saúde: O melão amargo contra o câncer e o diabetes.
– Cha Benefícios: Chá de melão de são caetano – Benefícios e propriedades.
– FITOTERAPIA: Melão de São Caetano[/vc_message][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]
[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]
Carregar Mais
Carregar Mais Plantas & Ervas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Águas aromatizadas: são funcionais, repletas de benefícios e muito mais!

Foto por: Marco Verch As águas aromatizadas são ótimas opções para quem deseja hidratar o …