O gengibre, de nome cientifico Zingiber officinale, é utilizado como especiaria desde a antiguidade, na culinária e na preparação de medicamentos.  É uma das mais antigas e populares plantas medicinais do mundo. Suas propriedades e benefícios são resultados da ação de várias substâncias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

[dfads params=’groups=1686&limit=1&orderby=random’]

Benefícios do chá de gengibre

Conhecido por grande parte da população, o chá de gengibre, feito com pedaços do gengibre fresco e fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse e resfriados. Banhos e compressas quentes de gengibre são indicados para aliviar os sintomas de gota, artrite, dores de cabeça e na coluna, além de diminuir a congestão nasal, cólicas menstruais e previne o câncer de intestino e ovário. Não é de hoje que o gengibre é utilizado na fabricação de xaropes para combater a dor de garganta, graças a sua ação antisséptica.

gengibre

Gingerol: poderoso antioxidante e anti-inflamatório

Graças a uma substância chamada gingerol, com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o gengibre protege o organismo de bactérias e fungos, favorecendo o fortalecimento do sistema imunológico. O gingerol também é responsável pelo sabor picante do gengibre. Misturado ao limão, o chá de gengibre com limão tem grande ação contra as gripes e resfriados. Por ser um termogênico, o gengibre não é recomendado para quem tem hipertireoidismo. Crianças e gestantes, pessoas com cardiopatias, enxaqueca, úlcera e alergias não devem abusar dos alimentos termogênicos, pois eles podem levar a aumento da pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia.

Load More Related Articles