De maneira silenciosa, o colesterol alto acaba desenvolvendo diversas doenças cardiovasculares, ocasionando posteriormente infartos e até o acidente vascular cerebral. Mas em teoria, o que é o colestrol? O conhecido colesterol ruim (LDL)  leva o colesterol para a placa das artérias e, se em grandes quantidades, provoca o entupimento das artérias. Já o colesterol bom, que é o HDL, fica responsável por tirar o colesterol das placas e leva-lo até o figado. Portanto, quanto maiores forem os níveis de HDL, melhor. E quanto menores forem os níveis de LDL, também.

Quimicamente: o que é colesterol?

Na química, o colesterol é um álcool, que não se mistura ao sangue. Por isso, ele depende das lipoproteínas para transitar pelas veias e artérias e, dependendo basicamente das características genéticas (cerca de 70%), do estilo de vida (sedentário ou não) e na alimentação do individuo, baseada em gorduras ou alimentos como fibras e carnes leves, que completam os outros 30%, ele pode acabar se acumulando ou não nas paredes dos vasos sanguíneos. Já que não podemos escapar dos fatores genéticos, podemos prevenir a aparecimento dos outros 30% com a prática de exercícios e na ingestão de alimentos saudáveis que podem ajudar na prevenção e no controle.

Alimentos que atuam na prevenção do colesterol

Farelo de aveia

aveia


O farelo de aveia é rico em fibras solúveis, que auxiliam a diminuir as taxas de colesterol do sangue. Se consumido regularmente pode diminuir a taxa de LDL, por conter substâncias que podem reduzir a síntese de colesterol no fígado.


Óleos vegetais e sementes

oleovg

Óleos vegetais, castanhas, produtos integrais, sementes e as frutas possuem uma substância conhecida por fitoesterol.  É um composto vegetal que contribui com a redução. Incluindo duas colheres de sopa de óleo vegetal ou a ingestão regular de castanhas, sementes e frutas, pode contribuir para uma redução de até 15% do LDL-colesterol “ruim”.


Salmão

salmao

Rico em ômega 3, o salmão pode ter ação anti-inflamatória e proteger o coração, reduzindo os níveis de triglicérides. Além disso, o ômega 3 é um aliado na redução do risco de doenças cardiovasculares, como o infarto e AVC (acidente vascular cerebral).


Linhaça

linhaca

A linhaça é rica em fibras, ômegas 3, vitaminas A, E, B1, B6 e minerais como o potássio, magnésio, fósforo, cálcio, ferro, cobre, zinco, manganês e selênio. Por isso, ela pode ser uma grande aliada na prevenção  de doenças cardiovasculares, contribuindo na diminuição das taxas de colesterol total e no aumento das taxas do HDL.


Abacate

abacate

A gordura monoinsaturada é a responsável pelos benefícios do abacate. Ela ajuda a reduzir o colesterol LDL e os triglicérides, prevenindo e tratando doenças cardiovasculares. Além disso, o abacate é rico em vitaminas, minerais e também uma substância antioxidante, a glutationa.


Laranja

laranja

A laranja é rica em fibras, vitamina C, A, B e E, contém ainda minerais como o ferro, zinco, potássio, cálcio, magnésio e manganês, além de possuir folatos e antioxidantes, que aumentam a resistência a infecções, reduz e previne doenças cardíacas e derrames. O bagaço da laranja é responsável pela diminuição do colesterol, devido a presença de fibras solúveis.

Load More Related Articles