A erva quebra-pedra– também conhecida por arrebenta-pedra, erva-pombinha e saxífraga é uma das plantas mais conhecidas e presentes na medicina popular brasileira, graças aos estudos científicos que comprovam sua eficácia quando empregada em casos de cálculos renais, por sua propriedade diurética, em tratamentos contra a retenção urinária e na eliminação do ácido úrico.

Benefícios do chá de erva quebra pedra

Para o tratamento de cálculos renais, podem ser utilizadas outras espécies de plantas que auxiliaram em sua eliminação, porém a erva quebra pedra destaca-se pelo seu potencial efeito contra as urolitíases por não apresentar toxicidade em seu uso. A erva quebra pedra é dotada de inúmeras substâncias químicas, entre elas os hidrocarbonetos alifáticos como o n-octadecano; Álcoois, aldeídos e ácidos alifáticos acíclicos; Ácido gálico; Diversos alcaloides: securinina, 4-metoxidiidrosecurina, 4-metoxitetraidrosecurinina, diidrosecurinina, tetraidrosecurinina, securinol-A, securinol-B, alosecurinina, norsecurinina, ent-norsecurinina, 4-metoxi-norsercurinina, nirunina e filantina; Diterpenóides; Esteróis; Taninos; Fenilpropanóides; Lignanas; e por fim os flavonoides e flavononas.

quebrapedra

Em diversos estudos feitos com a erva, observou-se sua eficácia contra as pedras nos rins, ação promovida pelo relaxamento dos ureteres que, aliado a uma ação analgésica, facilita a descida dos cálculos renais, aumentando a filtração glomerular e a excreção de ácido úrico. Além disso as substâncias presentes na erva quebra pedra também podem normalizar os níveis oxalato de cálciodiminuir a formação dos cálculos em pacientes. Fora a ação contra cálculos renais, alguns estudos também relataram a presença de efeitos analgésicos contra dor neurogênica e inflamatória.

Preparo de chá de erva quebra pedra

Para o preparo do chá contra cálculos renais, devem ser colocadas 2 colheres de sopa de erva, para um litro de água fervente. Em seguida o recipiente deve ser tampado e deixado abafado por cerca de 10 minutos. Após os 10 minutos, é só coar e beber. O chá quebra pedra pode tomado de 2 a 3 xícaras ao dia.
Foto por: Pandatea Art

Referências

– BALBACH, A. As Plantas Curam – Quebra-Pedra
– Marques, L. C. Phyllanthus niruri no Tratamento de Urolitíase: Proposta de Documentação para Registro Simplificado como Fitoterápico.
– Aita, A.M. et al. Espécies medicinais comercializadas como “quebra-pedras” em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Revista Brasileira de Farmacognosia. Brazilian Journal of Pharmacognosy. 19(2A): 471-477, Abr./Jun. 2009.

Carregar mais
Load More In Chás & Sucos

Veja também

Qual a origem do chá e da palavra chá?

Já ficou se perguntando: qual seria a origem do chá? Em primeiro lugar, Chá, é uma be…