canela (cinnamomum verum) é uma especiaria originária do Sri Lanka, conhecida no mundo inteiro nas suas versões em pó e em rama. Não é de hoje que ela vem sendo aplicada na culinária e na medicina natural como forma de prevenção de doenças, tônico, termogênico, entre outros benefícios quando ingerida sua infusão. Na China antiga, por exemplo, a canela sempre foi muito recomendada para o tratamento de doenças digestivas e menstruais. O principal ativo que compõe a canela é o aldeído cinâmico ou cinamaldeído, que é responsável pela odor característico e tem sido amplamente utilizado em atividades biológicas e farmacológicas, tendo sido relatado atividade antimicrobiana, antioxidante, antidiabética, dentre outras.

PUBLICIDADE

Os benefícios da canela são eficazes contra problemas digestivos e é um super tônico..

Além do principal ativo que compõe a Canela, ela também é composta pelas vitaminas K, E, A, vitaminas do complexo B e ácido ascórbico. Tais vitaminas, já garantem ótimos benefícios quando ingeridos, podendo ser eficaz para o fortalecimento do sistema imunológico, eliminar casos de anemia, fortalecer o coração, melhorar a saúde da pele e dos olhos e regular o trânsito intestinal. Seu óleo essencial é composto por ativos como o eugenol, vanilina, cineol, pineno, betacariofileno, cumarinas, açúcares (manitol), taninos, mucilagens e resinas. Além disso, demais componentes garantem à canela propriedades estimulantes, anti-inflamatórias (auxiliando no tratamento de quadris gripais), é carminativo (alivia o desconforto causado por gases) e anti-espasmódico (que inibe as dores causadas por cólicas).

Canela é eficaz contra o diabetes?

É possível encontrar alguns relatos do uso do chá de canela para controlar o diabetes. E acredite: já está sendo realizado alguns estudos para comprovar a eficácia da canela no equilíbrio da glicose no sangue. Já se sabe que essa especiaria traz benefícios para o metabolismo dos níveis de glicose. Isso foi observado através da inibição da alfa-amilase pancreática e das glucosidases, que sugeriram uma menor absorção da glicose. Outro mecanismo observado foi o aumento da síntese de glicogênio pela ativação do glicogênio sintase, causado pelos polifenóis que compõe seu óleo essencial. Essa conclusão foi obtida após um estudo com 60 pacientes que portavam Diabetes do tipo II. Metade do grupo foi administrado com a Canela e a outra metade com placebo. Após 40 dias, foi observada um diminuição significativa nos níveis da glicemia, triglicerídeos e colesterol total.

O chá de canela e os benefícios para menstruação..

Na medicina popular, o chá de canela é sempre indicado para forçar a menstruação. Porém, não existem estudos que comprovem um uso seguro da canela para essa finalidade. O que se sabe, é que ela possui substâncias que promovem o alívio das cólicas menstruais e a redução do fluxo menstrual. Além disso, estudos realizados demonstraram que o chá de canela é capaz de reduzir os níveis de prostaglandinas, aumentar os níveis de endorfina e melhorar a circulação sanguínea, aliviando assim, os sintomas da TPM.

Efeitos colaterais

Em doses elevadas, pode ocorrer irritação de pele e mucosas pelo óleo essencial; aumento da pressão arterial, taquicardia, insônia e diarreia.
Foto por: Cinnamon Vogue

Referências

Researchgate: Óleo essencial da Canela (Cinamaldeído) e suas aplicações biológicas.
Tabnuts: componentes da canela
Florien: Canela
InfinityPharma: cinnamomum Cassia

Carregar Mais
Carregar Mais Plantas & Ervas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Amaranto: Características nutricionais e benefícios.

Devido aos seus benefícios e propriedades nutricionais, o amaranto (Amaranthus ssp) ganhou…