Por muito tempo, a medicina popular tem dado muita importância a extratos e óleos essenciais a plantas da família Labiatae. Isso, se deve as propriedades e as propriedades presentes nestas especiarias que, muitas vezes, são antimicrobianas, antivirótica, carminativa e espasmolítica. Não só bastassem os benefícios da alfavaca, por exemplo, elas também são muito apreciadas na culinária por possuírem aromas e características bem únicas.

No Brasil, a alfavaca é muito cultivada em hortas domésticas para o uso como condimento culinário e medicinal, sendo inclusive comercializada na forma fresca em supermercados. Para se ter uma ideia, muitas pessoas são adeptas à ingestão do chá de alfavaca.

Ativos e benefícios que compõe a alfavaca

A alfavaca (Ocimum basilicum) é composta por vários nutrientes e vitaminas, como o ácido caféico, ácido esculosídeo, ácido hidrociânico, cânfora, carvacrol, cinamato de metila, cineol, citral, citronela, estragol, eugenol, flavonoides, linalol, limoneno, metil-chavicol, a-pineno, saponinas, taninos e timol. Por ser uma erva aromática e possuir a maioria dos seus nutrientes em seu óleo essencial, não é recomendada a fervura da alfavaca, devendo ser consumida principalmente in natura, ainda fresca.

Benefícios do Óleo da alfavaca (manjericão do mato)

Por outro lado, se for fervido, o óleo presente na alfavaca pode ser volatilizado. Além disso, entre suas propriedades, podemos destacar sua ação restaurativa, que alivia espasmos, controla a febre, melhora a digestão, além de ser bastante efetiva contra infecções bacterianas e parasitas intestinais.

Para quer mais serve a alfavaca do mato?

O extrato da alfavaca pode ser utilizado como uma fonte acessível de antioxidantes, ou ainda, como um possível suplemento alimentício. Por outro lado, externamente, pode ser utilizada em gargarejos para aliviar dor de garganta e aftas, além de feridas na boca que nunca curam.

Além disso, o manjericão do mato também pode ser útil para aliviar dores tensionais ou nervosas, como dores de cabeça e enxaquecas. Aliás, pode atuar na melhora de problemas intestinais, aliviando gases, vômitos, infecções e problemas digestivos. Na medicina alternativa, por exemplo, ainda recomendam o uso do xarope preparado com as raízes da alfavaca, podendo ser eficaz contra a tuberculose pulmonar.
Foto por: Tony Austin

Referências

– A, BALBACH: As Plantas Curam- ALFAVACA
Ecoverdemt: Alfavaca
Saúde/LondrinaPR: Alfavaca
http://www.scielo.br/pdf/cta/v27n3/a30v27n3.pdf
Florien: Alfavaca

Carregar mais
Load More In Plantas & Ervas

Veja também

Benefícios da Alcachofra: além de ajudar no controle do colesterol, é diurética e atua contra a má digestão.

Uma planta nativa da região mediterrânea, introduzida no Brasil por imigrantes italianos n…