[vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]

São substâncias adicionadas a alimentos com a capacidade de intensificar o gosto ácido (azedo) de alimentos e bebidas. Também influem na conservação dos alimentos. Elas agem reduzindo o pH, assim, reduzindo o crescimento microbiológico nos alimentos. Dentre os diversos acidulantes no processamento de alimentos são usados o ácido cítrico, ácido fosfórico, e outros. Na indústria, os acidulantes são usados como agentes flavorizantes, podendo tornar o

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][vc_column][vc_column_text]

alimento mais agradável ao paladar, mascaram gostos desagradáveis e intensificam outros.  Podem ser usados para controlar o pH, atuando como um tampão. Atuam como um agente de cura para carnes, com a finalidade de realçar as cores.

Os principais exemplos de acidulantes usados nos produtos alimentícios são:

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_text_separator title=”Ácido acético” title_align=”separator_align_center” align=”align_center” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

O ácido acético é formado na fermentação acética do álcool. Para ocorrer esta reação, é necessário o uso da bactéria Acetobacter aceti com presença de oxigênio e temperatura de 25°C a 30°C. Trata-se de um líquido claro, viscoso, com cheiro picante, solúvel em água. Quando resfriado, formam-se cristais com aspecto de gelo. Por isso o nome de ácido acético glacial. É utilizado para redução de pH, controle de crescimento microbiano e como aromatizante e também na indústria de conservas.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Ácido adípico” title_align=”separator_align_center” align=”align_center” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

Empregado como acidulante em alimentos que uma alteração qualquer pode produzir gosto indesejável. É capaz de agir como um tampão, regularizando o pH. Este ácido é usado na área de refrigerantes de frutas e na fabricação de queijos moles.

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Ácido cítrico” title_align=”separator_align_center” align=”align_center” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

Derivado de frutas cítricas, o ácido cítrico é extraído comercialmente através da fermentação com a presença de Aspergillus niger em meio contendo uma mistura de sacarose, sais e ferro. Possui alta solubilidade em água, atua como agente neutralizante do paladar doce e efeito acidificante sobre o sabor. É o ácido mais comum usado na indústria de alimentos, onde é aplicado para redução de pH, controle de crescimento microbiano, aromatizante, mascarar o gosto desagradável da sacarina, ação quelante, e cura. Muito utilizado na fabricação de refrescos, geléias), flans, pudins e similares

[/vc_column_text][vc_text_separator title=”Ácido fosfórico e Ácido láctico” title_align=”separator_align_center” align=”align_center” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_column_text]

O ácido fosfórico possui ação acidulante na fabricação de refrigerantes que possuam sucos de frutas, como por exemplo, refrigerantes a base de cola. Possui características, como, sabor intermediário entre a acidez pronunciada do ácido cítrico e a suavidade do ácido láctico.

o ácido lático é amplamente utilizado na indústria alimentícia para cura de carnes, fermentados de leite, refrescos e refrigerantes. É obtido pela fermentação natural utilizando Streptococcus lactis.

[/vc_column_text][vc_column_text]Frutas como laranja, limão, maçã, tomate, entre outros contêm ácidos naturais, sendo o principal o ácido cítrico. O ácido cítrico é o ácido mais utilizado na indústria alimentícia, por possuir uma versatilidade na aplicação, sua reação com antioxidantes, uma maior facilidade de obtenção e um custo relativamente baixo.

Mas para a saúde fica o alerta: Podem causar efeitos colaterais como a cirrose hepática e também causar a descalcificação dos dentes e dos ossos.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_text_separator title=”Referências” title_align=”separator_align_center” align=”align_center” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_message message_box_style=”standard” style=”rounded” message_box_color=”info” icon_type=”pixelicons” icon_fontawesome=”fa fa-info-circle” icon_openiconic=”vc-oi vc-oi-dial” icon_typicons=”typcn typcn-adjust-brightness” icon_entypo=”entypo-icon entypo-icon-note” icon_linecons=”vc_li vc_li-heart” icon_pixelicons=”vc_pixel_icon vc_pixel_icon-balloon”]– http://www.ufrgs.br/alimentus/med/2004-01/seminarios/acidulantes.doc

– http://www.anvisa.gov.br[/vc_message][/vc_column][/vc_row]

Carregar Mais
Carregar Mais Química de Alimentos

1 Comentário

  1. […] Acidulante na industria alimenticia (Curso) Frutas e Sucos 50 Receitas Para Emagrecer De Vez […]

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Águas aromatizadas: são funcionais, repletas de benefícios e muito mais!

Foto por: Marco Verch As águas aromatizadas são ótimas opções para quem deseja hidratar o …