[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]

Já faz algum tempo, que a soja é vista como um alimento benéfico e saudável. Diversas pessoas, por conhecimento da mídia, ou por experiência própria, afirmam que a soja possui benefícios e indicam o uso de produtos a base de soja, os derivados de soja, sem se preocupar muito com efeitos colaterais causados pela soja.

[/vc_column_text][vc_column_text]

[/vc_column_text][vc_column_text]

Soja é um grão rico em proteínas e pertence à família das leguminosas, assim como o feijão, a lentilha e a ervilha. A razão para a soja ser maléfica, é devido as suas isoflavonas, a genisteína e daidzeína, inibindo a ação da enzima tripsina.  Sem digerir bem as proteínas, o organismo fica vulnerável a doenças. Outro problema da soja, é que a soja é altamente alergênica, ou seja, induz ao desenvolvimento de alergias. Por fim, a soja compromete a tireoide, levando ao desenvolvimento do hipotireoidismo.



O leite de soja, possui ainda mais malefícios: o leite, a base de soja, destrói as proteínas, não elimina os denutrientes e utiliza substâncias a cancerígenas em sua composição. O problema da mídia, em relação a soja, é que os únicos trabalhos divulgados sobre a soja são aqueles em que a leguminosa aparece como alimento protetor de alguns tipos de câncer, e não em que ela se mostra como diretamente responsável por várias doenças. O consumo  de soja não é algo errado, apenas deve ser consumido cautelosamente e sem exageros, não sendo substituto de outro alimento proteico e mais saudável. Cada organismo pode reagir diferente aos efeitos da soja.

Crédito às imagens:
* https://www.flickr.com/photos/unitedsoybean/10059732523/
* https://www.flickr.com/photos/usdagov/8456927526/

[/vc_column_text][vc_column_text] [/vc_column_text][vc_text_separator title=”Referências” title_align=”separator_align_center” align=”align_center” color=”vista_blue” el_width=”50″][vc_message message_box_style=”standard” style=”rounded” message_box_color=”info” icon_type=”pixelicons” icon_fontawesome=”fa fa-info-circle” icon_openiconic=”vc-oi vc-oi-dial” icon_typicons=”typcn typcn-adjust-brightness” icon_entypo=”entypo-icon entypo-icon-note” icon_linecons=”vc_li vc_li-heart” icon_pixelicons=”vc_pixel_icon vc_pixel_icon-balloon”]

– Nagata C, et al. “Inverse association of soy product intake with serum androgen and estrogen concentrations in Japanese men.” Nutr Cancer 2000

– Habito RC, et al. “Effects of replacing meat with soyabean in the diet on sex hormone concentrations in healthy adult males.” Br J Nutr 2000

– Ashton E, Ball M. “Effects of soy as tofu vs meat on lipoprotein concentrations.” Eur J Clin Nutr 2000

– Madani S, et al. “Dietary protein level and origin (casein and highly purified soybean protein) affect hepatic storage, plasma lipid transport, and antioxidative defense status in the rat.” Nutrition

[/vc_message][/vc_column][/vc_row]
Carregar Mais
Carregar Mais Química de Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Águas aromatizadas: são funcionais, repletas de benefícios e muito mais!

Foto por: Marco Verch As águas aromatizadas são ótimas opções para quem deseja hidratar o …