Foto por: Taryn
Usada em larga escala a partir dos anos 1950, como alternativa a gordura saturada, a gordura trans é a grande responsável pelo sabor, crocância e maior estabilidade dos produto industrializados. Recentemente, o CONSEA – Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – encaminhou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), um documento pedindo a proibição do uso da gordura hidrogenada em alimentos. Outra solicitação apresentada, é que no lugar da gordura trans, ocorre a substituição do produto por substâncias que cumpram as mesmas funções, porém sem prejudicar à saúde da população.

A principal aplicação da gordura trans na industria é em alimentos que necessitem melhorar sua consistência e aumentar sua vida de prateleira. Com isso, ganham um melhor aspecto e características que deixam o produto mais saboroso. Ela pode ser encontrada em produtos como a margarina, batatas chips, pães de forma, bolachas recheadas, bolos recheados, sorvetes e até em bolachas. Porém, o consumo excessivo de alimentos ricos em gorduras trans pode causar o aumento do colesterol ruim e redução do colesterol bom. Além disso, ela é responsável pelo acúmulo de gordura intra-abdominal, que leva ao aparecimento da obesidade, diabetes, hipertensão arterial, entre outras doenças associadas.



Fora os malefícios que as gorduras trans geram para a saúde, a CONSEA recomendou o fim do uso de gordura trans devido a ineficácia de medidas anteriores – como a realização de ações voluntárias para redução do produto por parte da indústria. O Consea também ressalta que os consumidores ainda possuem dificuldades para compreender informações sobre a presença da gordura trans na rotulagem de produtos alimentícios e, com essa atitude, acabam se convencendo a consumir produtos de fácil preparo como se eles fossem saudáveis – infelizmente os alimentos ultra processados possuem perfil nutricional desfavorável à saúde, contendo teores elevados de gordura, açúcar, sódio e densidade de calorias.



Referências

Carregar Mais
Carregar Mais Química de Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Processamento de Alimentos: Principais tipos de pigmentos (corantes) naturais presentes em alimentos.

Os responsáveis pela coloração dos alimentos, são moléculas complexas e conhecidas como pi…