A azeitona é o fruto da oliveira, utilizada largamente na produção de azeite de oliva. O azeite de oliva é um alimento clássico da culinária e presente em grande parte das cozinhas. É muito benéfico para a saúde e adiciona aos pratos um sabor e aroma peculiares.

Infelizmente a azeitona só pode ser consumida após ser processamento, ganhando alto teor de sódio e aditivos químicos, mas o fruto age contra o envelhecimento e a obesidade, por possuírem gorduras saudáveis, o ácido oleico, que reduzem a viscosidade do sangue, favorecendo a sua circulação e o relaxamento dos vasos sanguíneos, evitando que o colesterol se acumule nas artérias.  Além desse benefício da azeitona, ela também é rica em ferro, zinco, potássio, silício, vitaminas E, C, A, B1, B2 e possui um pouco de fibra. Entre suas propriedades, podemos encontrar sua ação como anti-inflamatória e antioxidante. Na pele da oliva, é encontrado o ácido maslínico que mata células cancerosas, mas o consumo do fruto ajuda na prevenção do câncer e não no tratamento da doença.

As propriedades da azeitona atuam na prevenção de infarto, derrame e aterosclerose. Atua no fortalecimento do sistema imunológico, melhoria da saúde dos olhos, alivio de problemas respiratórios, prevenção de problemas cardíacos, absorção de cálcio, prevenção de câimbras, regulagem dos batimentos cardíacos, combate à prisão de ventre e prevenção contra gastrites e úlceras. O azeite de oliva também contém uma substância química chamada Oleocanthal, que atua como um analgésico. Para quem busca emagrecimento, a azeitona pode ajudar no aumento da saciedade, reduzindo o índice glicêmico da refeição. Porém, deve-se consumir apenas 3 azeitonas por dia, porque as azeitonas possuem grande índice calórico e muito sal, principalmente as azeitonas em conserva, aumentando o risco de doenças cardiovasculares como infarto, AVC ou pressão alta.  Quando associada a uma dieta equilibrada, a azeitona somente trará benefícios para a sua saúde.

Créditos às imagens:
* https://www.flickr.com/photos/assillo/14089198596/
* https://www.flickr.com/photos/neeta_lind/1197272857/

Referências

– BALBACH, A. As frutas na Medicina Natural. São Paulo

Cláudio P. Filla | Laboratory Technician UTP-PR | Químico, escreve sobre o efeito positivo dos alimentos naturais através de suas propriedades e os perigos por trás dos alimentos industrializados. Mas gosta mesmo é de compartilhar alternativas para uma vida mais saudável. Curitibano, ama um pé na terra e outro no mar, mas também a rotina cultural da cidade grande.
Carregar Mais
Carregar Mais Alimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *

Veja Também

Leite Integral ou Leite Desnatado? Qual leite é o melhor e com mais benefícios?

São inúmeras as opções de leite em amostra nas gondolas dos supermercados. Podendo ser o l…